Superdosagem de Cefalexina – Farmacocinética

Superdosagem de Cefalexina – Farmacocinética

De rápida absorção pelo sistema gastro-intestinal, atravessa a barreira placentária e aparece de forma reduzida no leite materno. Em caso de superdosagem é possível ser eliminada através de hemodiálise.

Conheça agora os benefícios, efeitos e todas as informações sobre a cefalexina, um antibiótico de suspensão oral com ação bactericida. Sua ação é contra as bactérias que causam processos infecciosos, sendo o tempo de ação do medicamento de cerca de 60 minutos após ingestão.

O remédio pode ser usado nos tratamentos de amigdalite, otite, faringite e sinusite, infecções respiratórias baixas, infecção da pele e tecidos moles e infecção gênito-urinária.

Imagem:Divulgação

Imagem:Divulgação

Cefalexina

O principal uso da cefalexina é como antibioticoprofilaxia em cirurgia, trazendo benefícios visíveis na redução da ocorrência de infecção de ferida operatória, se administrado até 48 horas antes da operação.

Para o uso do medicamento e o tempo de uso para eficácia do tratamento, é preciso ficar atento à faixa etária, sensibilidade do microorganismo e intensidade da infecção. Em geral, levam-se em conta dois grupos, adultos e infecções severas, sendo separados da seguinte forma:

Adultos – 250mg a 500mg VO, de 6/6h.
Infecções severas: 1g a 1,5g VO, de 6/6h.

Em adultos, as doses administradas são variáveis de 1g a 4g diários, fracionadas. Porém, o mais importante que deve ser levado em conta é a recomendação médica, bem como a prescrição, obrigatória para que o paciente compre o medicamente em farmácias.

Perigos da Cefalexina

Seguindo a mesma técnica de outros medicamentos, a cefalexina também tem contra-indicações em algumas situações, como no tratamento de casos clínicos de meningite, por exemplo.

O medicamento também não é indicado para quem tem hipersensibilidade aos antibióticos cefalosporínicos e antibióticos relacionados. Há riscos também para doentes com insuficiência renal.

Imagem:Divulgação

Imagem:Divulgação

Para mulheres grávidas não há contra-indicação, comprovada por pesquisas e estudos, mas no caso de mulheres que estão amamentando não é recomendado o uso da cefalexina, já que ela atravessa facilmente a barreira placentária, achando-se, embora em pequenas doses, no leite materno.

Já em pacientes idosos não existe advertências e recomendações quanto ao uso deste medicamento, devendo estes seguirem as orientações gerais descritas na bula. A sugestão, no entanto, é de que o tratamento seja iniciado com a dose mínima.

Superdosagem de cefalexina

O uso em excesso de cefalexina pode fazer com que o paciente sinta náusea, vômito, dor epigástrica, diarréia e hematúria. Para tratar uma superdosagem, é preciso levar em conta a possibilidade de superdosagem de múltiplas drogas, interação entre drogas e cinética inusitada da droga no paciente. Para tanto, não se faz precisa a descontaminação gastrintestinal, apenas se houver sido ingerida uma dose 5 a 10 vezes a dose normal.

Recomendados para você:

Comments are closed.